Brasil – Uma menina brasileira de apenas seis anos teve parte do nariz arrancado após ser atingida por três tiros de fuzil enquanto brincava na frente da própria casa, na tarde da última sexta-feira (20), em Pedro Juan Caballero, cidade vizinha a Ponta Porã (MS).

Segundo a Polícia Nacional do Paraguai, Brenda Micaela Arguello González, foi ferida no momento em que um homem teria sido alvo de um atentado. Ele foi alvejado e morto com vários tiros de fuzil e de pistola. Uma mulher de 36 anos, também teria sido atingida por um tiro de raspão e foi socorrida.

“Ela estava a cerca de 100 metros do atentando. Os tiros acertaram uma das mãos, na região da coluna e o outro arrancou um pedaço do nariz dela”, lamenta o pai de Brenda, seu Alcides.

Conforme Alcides, uma bala ainda está alojado na região do pescoço de Brenda, mas afirma que apesar do susto, a filha não corre risco de morte, segundo informações que obteve da equipe médica. A menina está se recuperando bem, mas segue internada a espera de novas cirurgias.

O atentado

O homem morto no atentado da sexta-feira (20) tinha 22 anos e era foragido da Justiça paraguaia pelo crime de furto qualificado e falsificação ideológica. A polícia suspeita de que três homens tenham participado do ataque que acabou ferindo a pequena Brenda.

 Com informações do G1 Mato Grosso.