Manaus – O estímulo e incentivo a todos os tipos de manifestação cultural serão prioridade na administração de Alfredo Nascimento (PL) e Conceição Sampaio (PSDB). Candidato a prefeito pela coligação “Trabalho bom merece continuar”, Alfredo, que tem o apoio do prefeito Arthur Neto, anunciou que vai criar o “Teatro Escola”, que além de espetáculos vai oferecer formação para jovens e crianças com cursos de teatro, dança, circo, música, canto e outros.

“O Teatro Escola de Manaus será um centro cultural na área mais antiga da cidade, fortalecendo a proposta de promover maior circulação em atividades artísticas e culturais na área central da cidade.
Vai funcionar no prédio do atual Café Teatro Les Artistes, na avenida Sete de Setembro”, informou Alfredo.

O incentivo por meio de editais para investimento em projetos de cultura como produção de espetáculos, gravação de DVD, realização de shows, intercâmbios e projetos digitais, por exemplo, é um dos pontos do plano de governo de Alfredo. O primeiro edital será o “Valores da Terra”, para apoiar artistas e movimentar a cidade com espetáculos musicais promovendo a convivência das famílias em locais públicos, incluindo centros sociais e praças, assim que as autoridades científicas sinalizarem para a segurança desse tipo de evento, devido a pandemia do novo coronavírus, causador da Covid-19.

“Todo mundo sabe do meu respeito aos valores da nossa terra. São artistas que levam alegria e emoção a todos os lugares e nesse momento estão em graves dificuldades financeiras. A pandemia mudou a vida de todos nós e os artistas foram os primeiros a sofrer com a falta de trabalho. E, pior, estão na categoria que ficará mais tempo longe do seu ambiente profissional, dos bares, dos shows e de qualquer outro evento. O edital ‘Valores da Terra’ vai devolver o trabalho para que os artistas possam voltar a pagar suas contas e sustentar suas famílias”, garantiu Alfredo.

 

Alfredo e Conceição também pretendem criar o “Movimenta Manaus” para levar atividades de esporte, lazer e cultura às praças, parques da juventude e centros comunitários, coordenadas por equipes contratadas pela prefeitura.

O plano de governo de Alfredo prevê, ainda, a continuidade do Festival Passo a Paço, idealizado pelo prefeito Arthur Neto, e o resgate do Boi Manaus, criado por Alfredo há mais de 20 anos, entre outros. “Esses projetos aquecem a cadeia econômica do turismo e da cultura, gerando emprego para artistas, produtores, técnicos e atraindo turistas e investimentos para cidade”, apostou o candidato.

Além disso, Alfredo e Conceição pretendem investir na valorização e incentivo do carnaval da cidade de Manaus, tanto o oficial como as bandas e blocos de rua como grande potência de aquecimento da economia, geração de renda e produto turístico. E também valorização e incentivo ao Festival Folclórico de Manaus e fortalecimento da rede de festivais folclóricos realizados nos bairros da cidade. “Temos mais de 150 grupos folclóricos, mais de 50 festivais folclóricos espalhados pelos bairros. Vamos promover a movimentação cultural nos bairros onde são realizados, aquecendo a economia local”, disse.

Segundo Alfredo, todas essas propostas poderão ser executadas a partir da modernização do processo de aplicação da Lei de Incentivo à Cultura. “Vamos mobilizar o empresariado local para que incentivem projetos de artistas e produtores manauaras. Precisamos de maior agilidade, menor burocracia e maior sensibilidade dos empresários locais”, finalizou.