Maior do mundo: reunião do governo vai definir futuro do pirarucu de quase 3 metros capturado no AM

Por Karol Maia em 18 de junho de 2021 às 17:21 | Atualizado 18 de junho de 2021 às 17:26

O destino do maior pirarucu do mundo encontrado no Amazonas, com quase três metros e mais de 200 quilômetros, irá se definido em reunião com vários orgãos do governo do Amazonas. O peixe foi capturado no dia 12 de novembro do ano passado, na comunidade da Ilha da Mameloca, no município Japurá (AM), a 747 quilômetros de Manaus.

Durante o encontro representantes de vários órgãos do Governo e da comunidade científica como Inpa, Ufam e UEA, irão trocar experiências e decidir onde conservar o peixe e encontrar um local onde ele possa receber visitação pública.

O engenheiro de pesca Renilton Solarth, responsável pelo pirarucu, falou sobre a necessidade de um local para guardar e expor o pirarucu que estava armazenado no frigorífico Rainha do Pescado, no bairro Alvaro.

O encontro também contará com a presença de representes da Prefeitura de Japurá, que incentiva a pesca de manejo do pirarucu. Foi essa técnica, desenvolvida no Amazonas, que salvou a espécie de extinção e que fez os cardumes do pescado aumentarem e ainda aumentar de tamanho.

Deixe seu comentário