Uma mãe, que ainda não teve o nome divulgado pelas autoridades, acabou sendo presa após vender o próprio filho, um bebê de apenas três meses, pelo valor de R$ 10. O crime aconteceu na última segunda-feira (26), no bairro Parque Brasil, zona Norte de Teresina, capital do Piauí (PI).

As informações foram confirmadas pelo 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), que atendeu a ocorrência. De acordo com os agentes, a mulher, que é depende química e luta contra o vício nas drogas, estava bebendo em um bar com a criança no colo, quando foi surpreendida por um casal que fez a oferta de apenas 10 reais para ficar com a criança.

Sob efeito dos entorpecentes e ainda da bebida alcóolica, a mãe vendeu o próprio filho sob a condição de que pudesse acompanhar, mesmo que de longe, a criação do neném. Para isso, o casal deu um número de telefone para a mulher, e assim, não perderiam o contato.

Ao saber do crime cometido, um dos irmãos do bebê ficou revoltado e ligou para o número de telefone disponibilizado pelo casal, mas claro, a linha telefônica não existia.

Após a denúncia registrada pelo irmão da vítima, o caso agora é investigado pela Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente do estado do Piauí, que deve chegar até o paradeiro do casal o mais rápido possível para recuperar o pequeno bebê.