Brasil- A Justiça do Estado de São Paulo negou em 1ª instância o pedido de Xuxa para tirar do ar o programa Alerta Nacional, do apresentador Sikêra Jr. A atriz e cantora entrou com o pedido após ser chamada de “pedófila” pelo apresentador no programa da RedeTV!.

O juiz César Peixoto entendeu, em despacho liberado no último dia 18, que a liminar não continha argumentos suficientes para banir o programa de Sikêra. Peixoto argumentou que a solicitação de Xuxa extrapola os limites da liberdade de expressão e pode configurar censura.

Segundo documentos obtidos pelo Notícias da TV, houve um exagero na forma como o caso passou a ser tratado na mídia. “Processe-se o recurso, sem efeito suspensivo, diante da ausência de plausibilidade dos argumentos articulados, sobretudo porque eventual exagero do conteúdo das informações/reportagens dependeu de avaliação futura e mais aprofundada, sem embargo da possibilidade, em tese, da retirada do programa do ar, sob pena de censura prévia”, diz um trecho da decisão de Peixoto.