Imagens registram traficante armado em confronto na cracolândia - Portal CM7
 
Manaus, 13 de dezembro
Mercado financeiro
Dólar
Euro
 
 
Home / Últimas Notícias / Imagens registram traficante armado em confronto na cracolândia

Imagens registram traficante armado em confronto na cracolândia

Da redação | 11/05/2017 16:51

Câmeras de segurança da GCM (Guarda Civil Metropolitana) flagraram traficantes armados e vendendo drogas durante confronto entre moradores de rua, guardas-civis e Polícia Militar nesta quarta (10) na cracolândia, no centro de São Paulo.
Em uma das imagens é possível ver um grupo de traficantes conversando e um deles apontando uma arma para o alto no cruzamento da alameda Dino Bueno com a rua Helvétia.

No começo do vídeo, as imagens mostram um homem escalando o poste com um facão para derrubar a câmera de vigilância da polícia, porém, sem êxito.

Durante a confusão, a polícia afirmou que houve disparos de arma de fogo em direção aos guardas municipais, e uma pessoa foi atingida no braço (sendo depois socorrida, medicada e liberada). Um fotógrafo teve seu celular e carteira roubados.

Segundo a PM, um homem foi detido sob suspeita de ter atirado e outro por manter uma garrafa com combustível que teria sido usado nas barricadas.

A confusão na cracolândia começou após a Guarda Civil Metropolitana deter um homem suspeito de furto de celular na região, que virou palco de tumulto envolvendo usuários de drogas e guardas municipais, confronto com policiais militares, disparo de tiros, barricadas com objetos incendiados e ataques a lojas, que chegaram a ser saqueadas.

Com a chegada da tropa de choque, moradores de rua colocaram fogo em pedaços de madeira e pneus velhos nas vias. A PM lançou bombas de efeito moral e gás lacrimogêneo contra usuários de drogas, que atacaram pedras.

Durante mais de uma hora de tumulto e correria, um ônibus com passageiros chegou a ser invadido, e comerciantes da rua General Osório e da av. Rio Branco fecharam as lojas com medo do confronto.

O confronto violento na cracolândia ocorre na mesma semana em que um ex-viciado foi encontrado morto no centro, após ter ido resgatar uma dependente na região. Para a polícia, a vítima foi morta por traficantes ligados à facção criminosa PCC enquanto buscava uma viciada na cracolândia para interná-la -a pedido da mãe.

Alvo de ações de Estado e prefeitura nos últimos anos, incluindo as gestões de Geraldo Alckmin (PSDB) e Fernando Haddad (PT), a cracolândia ainda mantém feira de drogas a céu aberto, com barracas que agrupam moradores de rua, viciados e traficantes.

A gestão João Doria (PSDB) prometeu começar a acabar com a cracolândia ainda neste semestre, em parceria com Alckmin para a recuperação do espaço e atendimento dos viciados por meio de um novo programa, batizado de Redenção.

Com informações-Notícias ao Minuto

{{post.date}}

 


Anuncie em Nossas Pesquisas
Anuncie em Nossas Pesquisas

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA