Um homem identificado como Egler Wilon Pereira, que não teve a idade divulgada, acabou sendo morto com 15 tiros à tiros queima-roupa enquanto saia do local onde havia votado, durante este domingo (15). O crime aconteceu durante a votação das eleições 2020, no bairro Residencial Coxipó, na cidade de Cuiabá (MT).

De acordo com a Polícia Militar, a mulher da vítima contou que, na sexta-feira (13), Egler discutiu com um homem no trânsito que o perseguiu por alguns quilômetros, mas não conseguiu alcançá-lo.

Já no último domingo o homem que havia perseguido a vítima no trânsito, viu o carro dele estacionado em frente ao local de votação e o aguardou na saída do colégio eleitoral.

Em seguida, desceu do veículo, foi até o carro de Egler e efetuou 15 disparos contra a vítima, dilacerando a cabeça.

A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu ainda dentro do veículo antes de receber atendimento de urgência. A Delegacia de Homicídios disse que deve investigar o caso por meio de câmeras de segurança.