Amazonas – O Governo do Amazonas, por meio do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza (FPS), realizou a entrega de cheque-pagamento no valor total de R$ 45.500,00 em continuidade às ações do Programa Crédito Solidário. O objetivo da ação foi atender pessoas em situação de exclusão social e vulnerabilidade financeira, ajudando-as a desenvolver atividades que geram lucros e sustentabilidade própria.

O evento ocorreu na manhã da última sexta-feira (27/11), em Manaus. Os valores disponibilizados para os beneficiados pelo programa variaram de R$ 500 a R$ 2 mil.

A ação atendeu 24 pessoas do Movimento Amigos da Zona Norte (Mazon), entre homens e mulheres que atuam na prestação de diversos serviços, entre os quais, profissionais da beleza, vendas de lanches, confecções, artesanato e outros.

A vendedora de doces, Regina de Souza Oliveira, 25 anos, casada e moradora do bairro Mutirão, foi uma das que recebeu o cheque-pagamento durante a ação do Crédito Solidário.

“Meu marido ficou desempregado durante a pandemia e com criança pequena em casa, passei a trabalhar com a venda de bolos, graças a Deus que surgiu esta oportunidade. Agradeço ao Governo do Estado e ao FPS pelo programa Crédito Solidário, que veio em um momento certo, em minha vida como empreendedora. Além de me ajudar como iniciante no negócio, poderei investir nas compras de equipamentos e materiais para os produtos e também expandir a produção com a venda de outros doces”, disse.

Carlos Gabriel Pereira da Silva tem 36 anos, é vendedor de plantas ornamentais, mora no Residencial Viver Melhor, mas tem o seu empreendimento no bairro Aliança com Deus. “Agradeço muito a Deus e ao Governo do Estado juntamente com o Fundo de Promoção Social por fortalecer o nosso empreendimento com esta ação do Crédito Solidário. Com o recebimento deste cheque-pagamento, poderei melhorar e ampliar minha pequena loja, na qual eu trabalho com plantas ornamentais e decorativas, comprar insumos, fertilizantes e plantas de diferentes aspectos”, afirma Carlos Gabriel.

A secretária-executiva do Fundo de Promoção Social e Erradicação da Pobreza, Kathelen Santos, ressalta a parceria com a Afeam para a viabilização do programa e a importância da iniciativa que representa um sistema de financiamento voltado ao benefício de pessoas desempregadas ou subempregadas, o que tornará possível a autossustentabilidade e melhor qualidade de vida.

“Hoje, nós estamos aqui representando o Governo do Estado e em nome do governador, Wilson Lima, e da primeira-dama do Estado, Taiana Lima, estamos trazendo o Crédito Solidário, que é um programa em parceria com a Agência de Fomento do Estado do Amazonas, que é voltado para pessoas que querem e que precisam de recursos para que possam desenvolver melhor suas atividades. Esse foi o primeiro passo, agora, eu desejo a todos vocês muito sucesso e que o ano de 2021 seja um ano próspero para todos”, destacou Kathelen Santos.

Crédito Solidário – É um programa do Governo do Estado do Amazonas que disponibiliza o acesso ao crédito desburocratizado, com cunho social, voltado a pessoas sem vínculo empregatício, desempregadas ou subempregadas, possibilitando a inserção do cidadão no mercado de trabalho, visando sua autossustentabilidade através de geração de renda por meio da atividade declarada no seu atendimento.