Goiania- Os advogados Marcus Aprígio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, 47, foram assassinados a tiro dentro do escritório na tarde de hoje em Goiânia.

“As informações iniciais dão conta de que criminosos marcaram antecipadamente uma entrevista com os advogados, entraram no escritório, sentaram-se calmamente e dispararam dois tiros contra cada uma das vítimas, sem qualquer chance de defesa”, narra nota da OAB-GO.

Conforme apurado até agora, um homem marcou antecipadamente uma consulta com os advogados, entrou, sem máscara. Na sala, disparou dois tiros na nuca de cada um dos advogados. O suspeito não foi identificado.

A Polícia Civil informou que o delegado Francisco Junior está no local do crime para dar início à investigação do duplo homicídio.

Marcus é filho do desembargador Leobino Valente Chaves, ex-presidente do Tribunal de Justiça de Goiás. A Corte ficará em luto oficial por três dias.