Falso agente penitenciário e policial civil é preso por aplicar golpes, em Manaus

Manaus- Na tarde desta segunda-feira (17), um homem foi preso por policiais do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP), na Rua Madalena Frota, no bairro Novo Aleixo, zona norte de Manaus, acusado de estelionato.

A polícia informou que Luiz Paulo Queiroz (42) se passava por agente penitenciário e por policial civil com a intenção de aplicar golpes, vendendo cargos comissionados na Secretaria de Segurança Pública do Amazonas (SSP-AM). O homem cobrava R$ 700 por uma vaga de emprego no órgão, afirmou a delegada titular do 11º DIP, Joyce Coelho. Ele pedia das vítimas, um adiantamento de R$ 300 pela vaga e depois que recebia o dinheiro,  parava de atender as ligações das vítimas.

No total, até o momento, já são 17 vítimas que denunciaram o homem. Conforme informações ele já havia trabalhado na empresa Umanizzare, que presta serviços a presídios do Estado, como supervisor de agentes no ano de 2015.

O acusado Luiz Paulo falsificava crachás e distintivo policial, além de documentos de admissão e foi indiciado por estelionato majorado, sendo encaminhado ao Centro de Detenção Provisória Masculino (CDPM).

ver mais notícias