Manaus  – A informação foi divulgada na tarde desta terça-feira (30) no auditório da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) durante coletiva de imprensa da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde.

De acordo com o deputado delegado Péricles, presidente da CPI, a maior beneficiária de todos esses contratos de boca foi a Vineria Adega FJAP e Cia. ” Foram quase 2 milhões de reais desviados nesse contrato de boca” ressaltou o presidente da CPI.

Os deputados relataram como será a partir de agora os trabalhos da CPI, que irão aguardar nos próximos dias os depoimentos de Carla Pollake e diretores de hospitais importantes da cidade.