O candidato Bruno Covas (PSDB) saiu vitorioso em todas as 58 zonas eleitorais de São Paulo neste 1º turno.

Ele se saiu melhor, inclusive, na periferia. Nem mesmo João Doria (PSDB), que venceu ainda no 1º turno em 2016, conseguiu ir melhor em Parelheiros e no Grajaú, locais vencidos por Marta (PMDB).

Em Parelheiros e Grajaú, aliás, o candidato do PT, Jilmar Tatto, ficou em segundo, uma exceção, já que Guilherme Boulos (PSOL) apareceu logo atrás de Covas em todos as outras 56 zonas.

A melhor votação de Covas ocorreu na 5ª zona (Jardim Paulista), onde ele obteve quase 45% dos votos.

Na votação geral na cidade, Covas teve 32,86% e Boulos, 20,24%. Os dois vão decidir no dia 29 de novembro quem comandará a cidade pelos próximos quatro anos.