Brasil – Na última quinta-feira (05), um parto raro foi feito no Hospital Materno-Infantil Santa Catarina, em Criciúma. No nascimento de gêmeos, um dos bebês ficou “empelicado”, ou seja, dentro ainda dentro da bolsa.

“O Parto empelicado é quando o bebê nasce dentro da bolsa de líquido amniótico, sem rompê-la. Enquanto o bebê está dentro da bolsa, ele continua recebendo todos os nutrientes e oxigênio através do cordão umbilical, não existindo qualquer risco para a sua sobrevivência. No entanto, ele precisa ser retirado da bolsa para que o médico possa avaliar se está saudável”, explicou o médico Allan Fagundes Pacheco, coordenador de ginecologia e obstetrícia do hospital.

O parto foi um sucesso e os gêmeos Bryan e Emanuel passam bem.