Amazonas – No último domingo (14), o Governo de Roraima anunciou que pacientes de Roraima infectados pelo novo Coronavírus serão transferidos para o Amazonas, devido a superlotação do Hospital Geral de Roraima (HGR).  Segundo as informações repassadas pelo Governo Roraimense, o HGR está atendendo acima da capacidade e pacientes estão à espera de vagas.

A informação chega com muita preocupação ao Chefe do Executivo Municipal de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça, município localizado a 107 Km de Manaus, tendo em vista a facilidade e o livre acesso da população do Estado vizinho, a capital do Amazonas, através da BR-174.

“Presidente Figueiredo está na rota das pessoas que vem de Roraima. Isso nos preocupa. Montamos uma estrutura de saúde capaz de atender a nossa população local. Pacientes oriundos de outras cidades ou Estado, nos causam preocupação. Sabemos que o SUS é universal, mas a nossa estrutura não suportará uma demanda de fora do nosso município.” informa o Prefeito Romeiro Mendonça.

A Prefeitura Municipal, preparou e equipou a estrutura de saúde para garantir o atendimento a população do município. Presidente Figueiredo segue de modelo para o interior do Estado do Amazonas, no enfrentamento a Covid-19. 

De acordo com o Secretário Municipal de Saúde de Presidente Figueiredo Edivaldo da Silva, o município é um dos mais preparados no Estado do Amazonas no combate ao Coronavírus e estrutura hospitalar com qualidade: “Não tem nenhum município do Amazonas que esteja trabalhando dessa forma eficiente. A ordem do Prefeito é investir na saúde para salvar vidas. É com muita força de vontade que a Prefeitura investe nesse setor, pois o recurso que vem  do Ministério da Saúde não é suficiente para fazer o trabalho que é desenvolvido na saúde do município.” relata o Secretário Municipal de Saúde.

Diante das informações compartilhadas pelo Governo de Roraima, o Prefeito de Presidente Figueiredo, Romeiro Mendonça já comunicou a nível federal a preocupação diante da situação: “Já colocamos a nível federal, através de alguns Deputados e Senadores, que acompanham o nosso trabalho, toda a preocupação. As pessoas que vierem voluntariamente de Roraima, pela BR-174 e chegarem até nosso município para receberem tratamento e atendimento e não seguirem para Manaus, vai sobrecarregar a nossa estrutura e não vamos ter como atender o povo da nossa terra.” informa o Prefeito.

Romeiro Mendonça faz um apelo ao Governador do Amazonas: “É preciso que diante dessa problemática,  o Governo do Estado estenda as mãos a  Presidente Figueiredo, tendo em vista que esse município é a primeira parada quando as pessoas entram no Estado do Amazonas, é a primeira estrutura de saúde que é encontrada pelos Roraimenses quando chegam no Amazonas. Se assim for, teremos uma sobrecarga da nossa estrutura de saúde.” destaca o Prefeito de Presidente Figueiredo.

Nesta quarta-feira (17), o município registrou 730 casos confirmados da Covid-19, sendo 285 pacientes recuperados, 424 em isolamento domiciliar, 1 paciente internado e 20 óbitos. 

Fonte: Assessoria de Comunicação da Prefeitura Municipal de Presidente Figueiredo. 

Tags: , , , ,