Brasil – Na última sexta-feira (14), uma mulher foi presa acusada de maus-tratos contra criança de sete anos, em Canoas, Rio Grande do Sul. 

A criança disse a polícia que apanhava todos os dias, e era castigada quando fazia xixi na cama. 

“Foi um depoimento impactante e deprimente. Quando ela falou ‘ela me obrigava a beber o xixi’. Uma coisa impactante que a gente não espera”, disse o delegado titular da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), Pablo Rocha. 

A mulher identificada como Maria Hilamara Leoncio, foi presa na casa onde morava com a criança. 

Diversas lesões foram identificadas por um médico-legista. A criança ainda relatou que quando ela não queria se alimentar, Maria a obrigava a comer, e por muitas vezes, a vítima ficava nervosa e vomitava, mas também era obrigada a comer o próprio vômito.

Segundo o delegado, a menina perdeu contato com a mãe há alguns anos, que era moradora de rua e viciada em drogas. Ela passou a morar com a avó, que faleceu. Depois, foi morar com Maria, que era amiga da idosa. 

A agressora vai responder pelo crime de tortura, se condenada pode pegar mais de 20 anos de prisão.

A criança foi encaminhada a um abrigo.