Manaus- Quando caminhou pelo bairro do Japiim, na manhã desta sexta-feira, o que o Capitão Alberto Neto mais ouviu foram reclamações contra a falta de segurança no bairro. E o candidato a prefeito pela “Aliança por Manaus” assumiu o mesmo compromisso com todos.

“Na nossa Prefeitura, teremos uma guarda municipal armada, treinada e preparada para proteger não só o patrimônio do município, mas também a vida dos manauaras. Na nossa gestão, a bandidagem não terá vez”, garantiu.

Passando das palavras para a ação, o Capitão Alberto Neto, vice-líder do Governo Federal na Câmara dos Deputados, concluiu a caminhada de quase duas horas pelo bairro, ouvindo os moradores e comerciantes, e se dirigiu ao Clube de Tiro Ponta Negra, na Zona Oeste da cidade, onde demonstrou um dos treinamentos a serem ministrados ao novos vigilantes.

“O estatuto do desarmamento permite que cidades com mais de 500 mil habitantes mantenham guardas municiais em seus quadros. É assim em inúmeros municípios em todo o Mundo. Porque não em Manaus? Vamos armar a guarda municipal, sim!”, afirmou o candidato.

No clube, o capitão Alberto Neto comandou um sessão de treinamento, exatamente como pretende fazer com os novos guardas que serão nomeados por concurso público.

“Essa é apenas uma parte do treinamento, a qual farei questão de comandar pessoalmente. Mas o projeto da nova Guarda Municipal de Manaus é muito maior que isso. Inclui acompanhamento psicológico e social, além de todos os requisitos necessários para o bom desempenho da função”, disse.

Educação é a base

A criação da Guarda Municipal armada é um compromisso do candidato, mas ele reconhece que investimento na educação é a melhor arma para combater a violência os atrativos oferecidos pelo tráfico de drogas.
“A boa formação educacional gera boas oportunidades de emprego. E não existe melhor programa social que o emprego. Se prepararmos as crianças des o ensino fundamental, estaremos formando cidadãos com mais discernimento de raciocínio para enfrentar as tentações dos traficantes”, garantiu.

Já esses traficantes terão no prefeito um inimigo de primeira linha. “Nunca tive medo de bandido. Já prendi grandes traficantes do Amazonas. E vou continuar lutando contra esse câncer que destrói muitas famílias”, completou.

Ainda segundo Alberto Neto, Manaus tem que agir com muito rigor contra o tráfico de drogas. “Vivemos na capital do Estado que faz fronteira com países reconhecidos com os maiores produtores de drogas do Mundo”, informou.

“Não podemos combater traficantes e bandidos com flores. Precisamos estar preparados para enfrenta-los e vencê-los”, concluiu.