Manaus (AM) – Na última quinta-feira (15/10) os irmãos amazonenses, Tico Pacheco, de 19 anos, e Rian Pacheco, de 16, embarcaram em direção a Goiás para um período de testes no time do Vila Nova (GO). Assim como o irmão mais famoso – Dudu – a dupla iniciou na bola atuando nos campos de Manacapuru (AM) (distante 68 quilômetros da capital), nas proximidades do estádio Gilbertão. Tico é lateral direito, enquanto Rian é meio campista, e ambos vestiram a camisa do Operário nas categorias de base.

Seis anos depois de ver o irmão mais velho, Dudu – hoje titular absoluto do Vila Nova (GO) -, deixar Manacapuru (AM) em busca do sucesso no futebol goiano, foi a vez dos outros dois integrantes da família partirem para o Centro-Oeste do país atrás do sonho de se tornar jogador profissional.

A ida da dupla para a avaliação no Tigrão, claro, teve a influência direta de Dudu. Aos 22 anos, o volante, que já está em sua sexta temporada longe do Amazonas, não esconde a alegria em ver os irmãos correndo atrás dos seus sonhos.

Dudu, jogador amazonense já firmado no time Vila Nova (GO)

“Primeiramente, estou muito feliz por eles estarem tendo essa oportunidade, e de começarem onde eu comecei, aqui no estado de Goiás. É uma oportunidade única pra eles e espero que dê tudo certo” – disse Dudu fazendo um alerta aos irmãos. “Nesse começo, que é sempre complicado, ainda mais por ser um período de avaliação. Espero que dê certo, né? Agora é com eles. O que eu podia fazer eu fiz, e agora é eles mostrarem o talento deles que, com certeza, vai dar tudo certo”, Dudu.

Conselhos de irmão mais velho

Ao contrário de Tico e Rian, o hoje volante Dudu, iniciou a trajetória no futebol goiano como meia na base do modesto Itaboraí-GO, em 2016. Após um confronto com o Vila Nova, a comissão técnica do Tigrão não pensou duas vezes em contar com o talento do manacapuruense.

Após passagens por Grêmio-RS, Votuporanguense-SP e Jaraguá-GO, Dudu se firmou no Vila Nova e, atualmente, é referência na equipe goiana. Com a experiência de quem é um dos destaques do time colorado no Brasileirão da Serie C, o volante revelou as dicas que deu aos irmãos mais novos.

“Os conselhos que dei pra eles é focarem realmente no que eles sonham. A gente sabe das dificuldades que é sair do Amazonas, de Manacapuru pra tentar a sorte longe daí. Eles sabem o quanto é difícil e espero que eles possam aproveitar a oportunidade e darem o seu melhor, que não tenho dúvidas que eles vão seguir num caminho brilhante pela frente”, Dudu.

No início de agosto, Dudu esteve com o seu Vila Nova na Arena da Amazônia em duelo com o Manaus FC pelo Brasileiro da Série C. Essa partida marcou a primeira atuação do volante – seis anos depois de deixar Manacapuru – como jogador profissional no Amazonas. O que mostra o tamanho da dificuldade dos atletas locais em emplacar a carreira fora do estado.