Amazonas – A Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Aadesam) divulgou, nesta segunda-feira (26), a lista de classificados e também o cadastro de reserva do processo de credenciamento (edital 008/2020) para profissionais que vão prestar apoio logístico ao Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM) nas eleições 2020. O resultado pode ser conferido no site eletrônico da Aadesam: www.aades.am.gov.br .

O processo de credenciamento recebeu mais de duas mil inscrições desde a sexta-feira (23) até às 8h, desta segunda-feira (26).

Na lista de classificados, foram preenchidas 318 vagas para Técnicos de Urna em Manaus e interior, 330 vagas para Técnicos de Transmissão em Manaus e no interior, e 47 vagas para o cargo de Monitoramento, somente na capital. O cadastro de reserva foi preenchido com 115 vagas.

O contrato é regido pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). A carga horária é de 44 horas semanais, por tempo determinado, conforme os cargos específicos.

Os candidatos selecionados ocuparão postos de trabalho nos cartórios eleitorais, locais de armazenamento, pontos de transmissão e locais de votação, capacitação para atuação junto aos cidadãos envolvidos, acompanhamento e supervisão das atividades nos 62 municípios do estado.

Entrega de documentos – A entrega de documentos para contratação dos classificados no processo de credenciamento será nesta terça-feira (27), em horário agendado, no Centro de Convenções Vasco Vasques, na avenida Constantino Nery, ao lado da Arena da Amazônia.

Protocolos – A Aadesam vai adotar todos os protocolos de segurança e saúde de prevenção à Covid-19, como limite de atendimentos por vez, distanciamento social de 1,5 metro, álcool em gel em pontos estratégicos e aferição de temperatura na entrada do espaço.  O uso de máscara é obrigatório.

Parceria – O processo de credenciamento advém de um convênio firmado entre o Tribunal Regional Eleitoral e a Aadesam por meio de chamamento público, onde a Agência foi contemplada pela melhor proposta.

A parceria entre as instituições visa conceder apoio logístico para o translado dos colaboradores até os cartórios eleitorais dos municípios, bem como a aquisição de materiais gráficos, de ferramentas e de equipamentos de proteção individual (EPIs). O convênio tem valor previsto na ordem de R$ 3,7 milhões.