Manaus (AM) – No final da tarde da última segunda-feira (16), o corpo de um homem, identificado como Agnaldo Braz de Oliveira, de 48 anos, foi encontrado em uma área isolada de mata, na Rua Cuba, Bairro Flores, zona centro-sul de Manaus. Agnaldo é era detendo do semiaberto, e recentemente havia sido espancado por populares após uma briga em um ônibus.

O corpo foi encontrado por moradores que passavam no local, por volta das 17h30 da tarde de ontem (16). O detento do semiaberto estava nu, com facadas no peito e bebidas ao redor.

Policiais da 12ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram acionados para a ocorrência.

A remoção do corpo foi feita pelo Instituto Médico Legal (IML), e as investigações do assassinato estão sob comando da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

Relembre o caso:

Na noite da última quarta-feira (11), um homem foi brutalmente espancado após ter atacado com um alicate, um trabalhador que estava dentro de um ônibus voltando pra casa. O caso ocorreu na Avenida Tefé, no Japiim, zona sul de Manaus.

De acordo com informações da Polícia Militar do Amazonas, o agressor já tem passagem pela polícia, e está no regime semi-aberto, sendo monitorado por uma tornozeleira eletrônica.

O detento foi pedir dinheiro ao trabalhador, que se recusou a dar e sugeriu que o mesmo trabalhasse, pois tinha saúde para isso.

Foi quando o detento surtou e usou um alicate para desferir um golpe na cabeça da vítima. Rapidamente, ele fugiu do coletivo, mas foi alcançado por populares, que meteram a porrada nele.

A PM foi acionada para a ocorrência, e levou tanto o trabalhador, como o detento, para o Serviço de Pronto Atendimento (SPA) do Coroado.

Posteriormente, o agressor foi levado para à delegacia para os procedimentos cabíveis.