Presidente Figueiredo –  Na manhã deste sábado (16), moradores de Presidente Figueiredo distante  128 km da capital Amazonense, usaram a rede social para fazer denúncia sobre  estoque irregular de combustível.

Segundo a denúncia, o secretário de infraestrutura da cidade, estaria armazenando combustível no Garajão, (terreno inadequado), colocando em risco a vida dos funcionários e famílias que moram na redondeza.

Leia o que circula nas redes sociais escrito por um trabalhador:

“Cadê as licenças ambientais do IPAAM, do IPEM, do IBAMA, para que o Garajão funcione como posto de abastecimento de combustível?

Cadê as licenças do Ministério da Saúde, visto que o Hospital fica nos fundos de onde está sendo armazenado o combustível??”