A Polícia Civil do Amazonas cumpriu na sexta-feira (13), por volta das 16h, uma ordem judicial de caráter impeditivo referente a um comício irregular, que seria realizado na avenida Botenelly, localizada no centro do município de Canutama.

De acordo com o delegado Marcos Arruda, as diligências em torno do caso iniciaram após a ordem judicial ser expedida ainda na sexta-feira, pelo juiz eleitoral, Luís Cláudio Cabral Chaves.

“De posse da decisão, acompanhado da guarnição da unidade, fomos ao local determinar o desmonte do palco, para que, de forma preventiva e em atendimento à decisão judicial, não ocorresse o supracitado comício, pois conforme o art. 39 da Lei nº 9.504/97 e art. 240 do Código Eleitoral, não pode ser realizado nesse prazo”, explicou ele.