Manaus – Está confirmado o assassinato do sargento da Polícia Militar do Amazonas Marco Antônio Benjamin da Silva, cujo corpo que foi encontrado com um tiro na nuca e perfurações a faca.

A imprensa de Manaus havia divulgado logo cedo sobre o encontro do cadáver de um homem no igarapé do Sumaúma, no bairro do Monte das Oliveiras, Zona Norte de Manaus.

Policiais militares juntamente com a equipe do Instituto Médico Legal (IML) e investigadores da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) reconheceram o sargento quando chegaram no local.

O tenente PM André Paiva disse que não deu para identificar o policial militar porque além de ser morto com tiros e facadas, o corpo foi jogado de cima de um barranco para dentro do Igarapé.

De acordo com um perito do Departamento de Polícia Técnico Científica (DPTC), o estado do cadáver indica que o crime foi praticado durante a madrugada porque o sargento ainda sangrava pelos golpes.

A polícia ainda não tem pistas sobre o assassinato do sargento, que era casado e tinha filhos e alguns dos seus colegas de farda dizem que ele tinha mais de 20 anos de corporação.

O corpo do sargento PM Marco Antônio foi encontrado por moradores das margens do Igarapé do Samaúma, uma área dominada por traficantes de drogas, de acordo com as primeiras informações.

O corpo do sargento foi removido do local e uma investigação já foi iniciada na Delegacia Especializada em Homicídios Sequestros, segundo informou o delegado titular Paulo Martins. Com informações zaca