Manaus (AM) – Um jovem identificado como Richard Ferreira Brasil, de 17 anos, foi encontrado morto, com sinais de asfixia, durante as primeiras horas da manhã desta terça-feira (17). O encontro do cadáver aconteceu na rua Pico D”água, situada no bairro São Jorge, na zona Oeste da cidade. De acordo com familiares que reconheceram o corpo, Richard se identificava como uma travesti e era popularmente conhecida como “Pakita”.

De acordo com a 21ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), a ocorrência foi aberta por volta das 7h30 quando populares identificaram o corpo do menor de idade. As testemunhas acreditavam que “Pakita” pudesse estar dormindo mas se surpreenderam ao chegar mais perto e identificar o jovem já sem vida.

O pai do adolescente, Ivamar Ferreira, relatou que ficou sabendo da morte do filho por meio de mensagem quando estava chegando no trabalho. “As amigas dele me mandaram mensagem dizendo que já estavam rolando fotos dele morte nos grupos de whatsapp. A situação é triste e eu já havia avisado para ele que esse era o fim de quem se envolvia com a criminalidade”, afirmou o pai da vítima.

Ainda segundo Ivamar Ferreira, o adolescente sempre apresentou problemas de disciplina e desde os 13 anos era envolvido com práticas de prostituição, roubos, furtos e ainda tráfico de drogas. O pai da vítima afirmou ainda que deste a última sexta-feira (13) Richard vinha sendo ameaçado por um suposto cliente que ele teria atendido sexualmente e que após o programa teria o furtado.

A Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) esteve no local dando início ao processo de investigação do crime e informou que deve contar com as imagens de câmera de segurança para entender como o crime aconteceu. Conforme a polícia civil, era na área onde “Pakita” foi assassinada que ela fazia programas sexuais.