Na tarde desta sexta-feira (20), durante uma coletiva online, o Secretário Estadual de Saúde (Susam), Rodrigo Tobias e a diretora-Presidente da Fundação de Vigilância Sanitária (FVS), Rosemary Costa Pinto, informaram que o número de infectados pelo coronavírus no Amazonas subiu para sete.

Quatro casos que testaram positivo se tratam de pacientes que fizeram viagens internacionais. Dois casos são de pacientes que vieram de São Paulo e um caso segue sob investigação para saber a origem da contaminação.

No estado foram notificados até esta sexta-feira (20), 72 casos suspeitos, 52 foram descartados, 13 seguem em investigação, 7 foram confirmados e até o momento não há nenhuma internação.

Durante a coletiva Rosemary Costa Pinto esclareceu sobre o critério para a realização de teste para o coronavírus: “Devem fazer o teste aquelas pessoas que tiverem febre e algum sintoma respiratório (tosse e falta de ar) e que estiveram – isso é muito importante – numa área de transmissão do vírus. Qual é a área de transmissão do vírus? Qualquer país no exterior. A OMS declarou uma pandemia, então qualquer país do exterior é considerado área de risco de transmissão do vírus. Ou que estiveram no Brasil em alguma área que está havendo transmissão comunitária”, declara.