Manaus – Na manhã do dia 1 de janeiro de 2019 o  sargento da Polícia Militar do Amazonas Weslane dos Santos Cardoso, lotado no CPA/Sul, enlouqueceu e foi violento na loja de conveniência de um posto de gasolina localizado no bairro do Japiim, Zona Sul de Manaus.Um vídeo gravado por um dos funcionários do posto mostra o sargento PM destruindo cadeiras e mesas e esmurrando pessoas.

Mostra também ele jogando no chão produtos estavam nas prateleiras e no balcão de vendas da loja de conveniência.Houve momento em que algumas pessoas presentes, uma delas seria inclusive segurança do local, consegue aplicar um golpe no policial militar e tenta retirá-lo da loja de conveniência, mas ele se liberta e reinicia suas atitudes agressivas e sempre gritando palavrões e fazendo ameaças.

Há informação de que o sargento estava no local com outros cinco homens e que um deles seria seu irmão, mas nenhum deles, em nenhum dos momentos, tentou impedir que o policial militar fizesse a confusão que fez no interior da loja de conveniência.O vídeo vem sendo divulgado nos grupos de WhatsApp, inclusive com opiniões de policiais militares reprovando a atitude do sargento, que, por sua vez, no final da manhã desta quarta-feira, 2, postou um áudio se defendendo e explicando o motivo de ter agido de maneira completamente incompatível com a função que exerce.A Corregedoria Geral do Sistema de Segurança Pública do Amazonas já tomou conhecimento do episódio na loja de conveniência e, segundo informação da diretoria de Comunicação da Polícia Militar, já foi aberta sindicância para apurar a conduta do sargento Weslane Cardoso. Fonte do Zacarias