Manaus- O diretor-presidente do Grupo Samel, Luis Alberto Nicolau, usou as redes sociais na manhã deste sábado(23), para cobrar a empresa siemens responsável pela manutenção de um dos equipamento de tomografia utilizados no diagnóstico do coronavírus covid-19 no Hospital de Campanha Gilberto Novaes, administrado pela Prefeitura de Manaus em parceria com a Samel e o Instituto Transire.

De acordo como diretor-presidente, desde a última quinta-feira (21), o equipamento de tomografia está parado precisando de reparo mais a empresa está em atendimento ‘Home Office’ e denúncia que foi cobrado pela empresa Siemens R$ 11 mil para fazer o reparo no fim de semana. “Falamos que é urgente, que estamos tratando de vidas. E ainda sim, a empresa Siemens faz descaso e lava as mãos para o povo do Amazonas” enfatizou o diretor.

“Temos mais duas máquinas de tomografia ques estão suprindo nossas necessidades no Hospital de Campanha da Prefeitura de Manaus, que inclusive começou a receber essa semana, pacientes indígenas para o tratamento da covid-19 por isso precisamos mais ainda desse equipamento que para nós é primordial para salvar vidas na Cidade de Manaus” disse Luis nas redes sociais.

Até o fechamento dessa matéria a empresa Siemens do Brasil não respondeu nossos questionamentos a respeito do que foi tratado na matéria.