Segurança do prefeito é assassinado

Por Editora Chefe em 6 de setembro de 2016 às 22:24 | Atualizado 6 de setembro de 2016 às 22:26

Darcy Nildo Santos Marinho, de 40 anos, segurança do prefeito de Maués, Padre Carlos Góes (PT) foi assassinado na madrugada desta terça-feira, 6, na última noite do Festival de Verão realizado na praia principal do município. Candidato à reeleição, Carlos Góes não estava no município, mas em Manaus, quando ocorreu a morte. Uma pessoa foi presa suspeita de ser o autor do crime, mas a motivação ainda era desconhecida, na manhã desta terça-feira.75590_210398372638112_235395082612979764_n

A disputa pela prefeitura do município está acirrada entre quatro candidatos. Além de Carlos Góes, que tenta a reeleição, estão o ex-prefeito Odivaldo Miguel de Oliveira Paiva, o Belexo (PMDB); Carlos Alberto de Oliveira Júnior, o Júnior Leite (Pros), sobrinho do ex-prefeito Sidney Leite; e Alfredo Moreira de Almeida (PSD).

O prefeito disse que já solicitou tropas federais para as eleições deste ano em Maués. “Maués tem um histórico de violência em eleições; já tivemos, inclusive, queima de cartório eleitoral. E este ano estamos vendo uma onda de violência durante a campanha. Por isso, solicitamos tropas federais, porque estamos muito preocupados.

Fonte http://amazonasatual.com.br/seguranca-de-prefeito-de-maues-e-assassinado/

Deixe seu comentário