Manaus – Com três gols, todos no segundo tempo, o Manaus FC derrotou o Caxias do Sul e está classificado para a série C do Campeonato Brasileiro de Futebol. Com a Arena da Amazônia totalmente lotada, com um público de aproximadamente 45 mil pessoas, digno de uma partida entre clássicos do Brasileirão ou, até mesmo, de um jogo de Copa do Mundo, o time manauara chegou ao sonho que começou a ser construído há aproximadamente seis anos. “Quem chega na série C, chega na A”, comemorou o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, que fez questão de ir ao estádio, acompanhado da presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, para dar seu apoio e sua torcida ao jovem time vitorioso.

“O futebol amazonense está renascendo aqui”, afirmou o prefeito que acompanhou atentamente os dois tempos do jogo. “No início nem eu acreditei muito, achava que caberia a um dos times tradicionais a reconstrução do futebol amazonense, mas hoje estamos vendo esse time jovem, guerreiro, vencendo todas as dificuldades e se tornando a esperança do nosso futebol”, afirmou o prefeito.

Arthur destacou o fato de que o estádio lotado como na tarde deste sábado, tem significados profundos: primeiro, o fato de o torcedor de Manaus gostar de futebol e não se negar a prestar apoio aos seus times. “Aqui vimos torcedores do Nacional, do Rio Negro, do São Raimundo, de times de fora, todos unidos a favor de Manaus. Todos por Manaus”, reagiu o prefeito.

A primeira-dama também esteve bastante atenta e emocionada durante o jogo e já no intervalo, apostava na vitória do time. “É todo mundo por Manaus, é lindo ver essa torcida, de todas as cores, torcendo com um único propósito que é fazer Manaus chegar à vitória”, afirmou. “E a vitória será nossa, tenho certeza”, apostou.

No primeiro tempo, Arthur não gostou muito do jogo, com muito tempo de paralisação e algumas jogadas perigosas contra o Manaus por conta da altura dos jogadores do time gaúcho, mas já nessa etapa do jogo ele apontava os pontos fortes do Manaus e demonstrava sua confiança. No segundo tempo, com a entrada do jogador Vitinho, o jogo ‘pegou fogo’. O “baixinho” fez a diferença e o Manaus chegou aos três gols, garantindo assim sua participação na série C, cravando um placar geral de 3×1 – uma vez que o primeiro jogo teve o placar favorável ao time gaúcho por 1×0 – contra o seu adversário.

“Esses jogadores estão dando um presente de aniversário antecipado à cidade de Manaus – que fará 350 anos no próximo mês de outubro”, afirmou o prefeito que, ao final da partida, fez questão de ir ao vestiário parabenizar cada um deles e agradecer pessoalmente pelo presente. O prefeito foi comemorado como o ‘pé quente’ do jogo.

O presidente do Manaus FC, Luiz Mitoso também comemorou o grande público presente na Arena da Amazônia. “É público de Copa do Mundo”, afirmou. Ele disse que, agora, após a vitória, cabe um convite ao manauara e aos empresários para que prestem seu apoio ao futebol local, como ele merece. O presidente também deixou a área VIP do estádio bastante emocionado para ir cumprimentar os jogadores no vestiário.