População do Amazonas ultrapassa 4 milhões

Por Editora Chefe em 30 de agosto de 2016 às 17:56 | Atualizado 30 de agosto de 2016 às 17:57

mulheres-andando-rua-720x375A população do Amazonas ultrapassou, pela primeira vez, o número de 4 milhões de habitantes, segundo dados divulgados nesta terça-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Estimativas publicadas no Diário Oficial da União indicam que o Estado tinha, em 1º de julho deste ano, 4.001.667 habitantes. No ano passado, na mesma data, a população era de 3.938.336, ou seja, o crescimento da população foi de 1,6% O cálculo do IBGE é que a cada oito minutos e dezessete segundos haja um aumento no contingente populacional do Amazonas.

Os números do IBGE mostram que Manaus chegou aos 2.094.391 de habitantes e é a sétima capital mais populosa do País. No ano passado, a cidade tinha  2.057.711 habitantes, o que significa um crescimento de 1,78%, no período.  O crescimento populacional no Estado e na capital foi maior do que a média brasileira, de  0,8%. O Brasil tem 206.081.432  habitantes, segundo o IBGE. No ano passado, a população era de 204.450.649.

Manaus apresentou uma estimativa superior a capital do Estado do Pará, Belém, que ocupou o 12ª posição e foi a única da Região Norte entre os dez municípios mais populosos do Brasil. Já a Região Metropolitana de Manaus (RMM), composta por municípios como Iranduba, Presidente Figueiredo e Rio Preto da Eva, ocupou a 11ª posição entre as 26 regiões metropolitanas do país

São Paulo continua sendo o município com a maior população, segundo o IBGE, mais de R$ 12,03 milhões de pessoas moram na capital do Estado de São Paulo, seguido pela cidade do Rio de Janeiro que apresentou estimativa de 6,49 milhões de moradores.

Interior do AM

Entre os municípios com a menor taxa de crescimento populacional, entre 2015 e 2016, Japurá ocupa a 1ª colocação do Estado com a maior redução de habitantes, 9,07 %. O município amazonense com maior perda absoluta é o município de Fonte Boa, que no mesmo período teve redução de 543 pessoas.

Além de Japurá, outros sete municípios do Amazonas apresentaram taxa de redução populacional, no período. São eles Fonte Boa (2,62%), Jutaí (2,32%), Santo Antônio do Içá (1,31%), Tapauá (0,62%), Urucará (0,57%) Tefé (0,34%), e Itamarati (0,32%).

Publicadas pelo IBGE esta terça-feira, as tabelas apontam ainda um crescimento mais acentuado da população em três municípios do Amazonas. No município de Manaquiri o efetivo de moradores teve um acréscimo de 914 pessoas (3,22%); em Santa Isabel do Rio Negro o acréscimo foi de 688 pessoas (3,07%); em Juruá a estimativa do IBGE apontou crescimento de 3,07%, saltando de 13.198, em 2015, para 13.581 neste ano.

Estados

São Paulo, o Estado mais populoso do país, tem 44,75 milhões de habitantes. Mais cinco Estados têm populações que superam os 10 milhões de habitantes: Minas Gerais (21 milhões), Rio de Janeiro (16,63 milhões), Bahia (15,28 milhões), Rio Grande do Sul (11,29 milhões) e Paraná (11,24 milhões). Três Estados têm populações menores do que 1 milhão: Roraima (514,2 mil), Amapá (782,3 mil) e Acre (816,7 mil).

As demais unidades da Federação têm as seguintes populações: Pernambuco (9,41 milhões), Ceará (8,96 milhões), Pará (8,27 milhões), Maranhão (6,95 milhões), Santa Catarina (6,91 milhões), Goiás (6,69 milhões), Paraíba (4 milhões),, Espírito Santo (3,97 milhões), Rio Grande do Norte (3,47 milhões), Alagoas (3,36 milhões), Mato Grosso (3,3 milhões), Piauí(3,21 milhões), Distrito Federal (2,98 milhões), Mato Grosso do Sul (2,68 milhões), Sergipe (2,26 milhões), Rondônia (1,79 milhão) e Tocantins (1,53 milhão).

Informações D24

Deixe seu comentário