Manaus- Governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Desenvolvimento da Região Metropolitana de Manaus (SRMM), emitiu uma nota no fim da tarde desta segunda-feira (29), informando que procede a informação divulgada nas redes socias e em grupos de WhatsApp, onde se diz que ira haver cobrança de pedágio para tráfego de veículos e pedestres sobre a ponte Jornalista Phelippe Daou (antiga ponte Rio Negro).

A SRMM esclarece ainda que não está previsto nenhum tipo de cobrança, interdição ou manutenção na estrutura da ponte, que possam interromper o fluxo de veículos e pedestres.