O jornalista Tadeu de Souza morreu agora a pouco no hospital regional Jofre Cohen. A informação foi dada em redes sociais por sua esposa, Jocineias Farias. Tadeu era apresentador do programa Agora Parintins, do SBT, há mais de seis anos. Era líder de audiência.

Há mais de dois anos ele vinha se tratando de um problema cardíaco e estava preparando viagem para São Paulo, onde se submeteria a uma cirurgia.

O jornalista já havia sofrido dois infartos.

Tadeu de Souza tinha 58 anos de idade. Nasceu em Belém, mas viveu em Parintins desde garoto.

Iniciou sua carreira como comunicador ainda jovem, na rádio Alvorada de Parintins, na década de 1970. Na mesma emissora, duas décadas depois, assumiu a direção de jornalismo da empresa, comandando dois rádios-jornais, um telejornal, na TV Alvorada, e o jornal impresso Novo Horizonte.

Foi diretor da rádio Clube de Parintins.

Em 1998, Tadeu foi vítima de agressão cometida pelo então vereador Alexandre da Carbrás.

O jornalista apresentava seu programa de rádio na Alvorada AM, quando o prédio foi invadido por seguranças do ex-prefeito Carlinhos da Carbrás, que estavam armados.

Tadeu ficou com hematomas pelo corpo e precisou de socorro médico.

Esse episódio foi o estopim para a cassação do ex-prefeito Carbrás pai. Depois disso, o povo saiu às ruas e depois a câmara depôs o prefeito do cargo.

No ano passado, Tadeu de Souza foi o responsável pela derrota acachapante do ex-governador Amazonino Mendes, em Parintins. Seu programa de TV, no SBT, provocou um profundo desgaste na imagem de Amazonino, que construiu o Bumbódromo.

Além da atuação jornalística, Tadeu experimentou a vida literária, escrevendo livros e fundando a Academia Parintinense de Letras.

Fonte: BNC