Manaus – Atendendo às reivindicações dos moradores dos Municípios de Atalaia do Norte e Benjamin Costant, o deputado Roberto Cidade (PV) apresentou requerimento solicitando ao Governo do Amazonas, Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Secretaria de Infraestrutura (Seinfra), a possibilidade de execução emergencial das obras de recuperação da BR-307, que interliga os dois municípios.

De acordo com o parlamentar, os 32 quilômetros que separam as cidades de Atalaia do Norte e Benjamin Constant são um desafio para os moradores, tendo em vista a condição precária que a rodovia se encontra.

O parlamentar destaca ainda que a rodovia é o principal meio de ligação entre Benjamin e Atalia. Entretanto, conforme relatório do DNIT, o trecho fica impraticável no período chuvoso no Estado, que compreende os meses de Novembro a Junho.

O governo do Estado do Amazonas e o DNIT publicaram Editais para recuperação e pavimentação da Rodovia. Entretanto, ambos não obtiveram êxito por problemas no processo licitatório ou atraso na execução do serviço contratado.

“Como Presidente da Comissão de Transporte, Trânsito e Mobilidade (CTTM) da Assembleia Legislativa, não poderia deixar de lutar pela população daquela região, que todos os anos, sofre para se deslocar de um município a outro, pondo em risco suas vidas, a de seus familiares e a de outros cidadãos que transitam pela BR-307”, pontuou.

A realização da obra vai beneficiar os quase 20 mil moradores de Atalaia do Norte e 42 mil habitantes de Benjamin, conforme dados de 2019 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O documento foi protocolado nesta quarta-feira (22) e será encaminhado aos devidos órgãos acima citados.

Novo Aripuanã

O parlamentar cobrou ainda a Eletrobrás Amazonas Energia por meio de requerimento, pelo restabelecimento do fornecimento de energia elétrica que afeta diretamente os moradores de 15 comunidades de Novo Aripuanã.

Segundo o parlamentar, o problema é antigo. Vale ressaltar que no dia 19 de março de 2019 foi protocolado o Requerimento nº 867/2019 que gerou o Ofício nº 649/2019/GDDP encaminhado pelo Gabinete da Secretaria Geral ao Diretor-Presidente da Amazonas Distribuidora de Energia S/A, solicitando providências quanto ao restabelecimento do serviço de energia elétrica àquelas comunidades, entretanto, até o momento a empresa não se manifestou.

As comunidades rurais afetadas são as seguintes: Vencedor, Santa Maria, Realeza I, Vencedorzinho, Bom Sossego, Nova Estrela, Urua, Brazão São Carlos, Vista Bela, Santa Rosa I, Cruzeiro, Realeza II, Santa Rosa II, Livramento e São Pedro.

Foto: Evandro Seixas