Manaus – O secretário municipal extraordinário de Articulação Política, Luiz Alberto Carijó, recebeu nesta quarta-feira, 31/7, pela manhã, a Medalha de Ouro Cidade de Manaus, no plenário Adriano Jorge, da Câmara Municipal de Manaus (CMM), localizada no bairro São Raimundo, zona Oeste.

O ex-presidente e ex-vereador da Câmara Municipal de Manaus (CMM) Luiz Alberto Carijó foi condecorado com a Medalha de Ouro Cidade de Manaus,   maior honraria concedida pela Casa Legislativa, pelos relevantes serviços prestados à sociedade manauara. A homenagem foi presidida pelo presidente da CMM, Joelson Silva (PSDB), em sessão solene realizada na manhã desta quarta-feira (31/07), no plenário Adriano Jorge, numa iniciativa do vereador Amauri Colares (PRB) e com a participação de autoridades, familiares e amigos, que lotaram o plenário e a galeria para prestigiar o homenageado.

Carijó recebeu a honraria, sob a apresentação do coral de idosos do Liceu de Artes Claudio Santoro e do tenor Miqueias Willliam, que interpretaram canções que emocionaram o público presente.

Joelson Silva começou seu discurso, enfatizando o pai dedicado à família e à vida política que é Carijó, ressaltando o grande conselheiro e conciliador que ele representa. “Sinto-me honrado de poder estar cumprindo essa etapa da minha vida, presidindo essa importante homenagem a um grande amigo. Quem conhece o Carijó sabe a pessoa sensata e preparada que ele representa e, que deixou grande legado aqui nesta Casa”, observou o presidente.

O parlamentar lembrou, ainda, fatos que marcaram o início da recente carreira dele como político e que tiveram incentivos de Luiz Alberto Carijó. “Carijó é esse tipo de pessoa que é capaz de transmitir uma palavra de força e carinho. Que Deus possa lhe abençoar pelo grande presidente que foi nessa Casa, e grande parlamentar que foi para a cidade de Manaus, assim como os demais vereadores que saíram daqui”, completou Joelson Silva.

O autor da proposta, Amauri Colares lembrou momentos em que dividiu as bancadas da CMM com Carijó, como vereador e como presidente da CMM, destacando que o homenageado sempre conduziu sua carreira pública pautada no compromisso. “Essas pessoas que aqui estão vieram demonstrar o carinho e amor por você, meu amigo Carijó”, disse Amauri Colares, finalizando seu discurso citando trechos bíblicos do livro de Salmos.

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto (PSDB), também destacou o importante homem político e articulador que é o homenageado. “Carijó tem posições políticas claras e nítidas, e, ainda assim, consegue ser unanimidade porque se dá bem com pessoas contrárias às suas ideias. Carijó as respeita,  reconhece os ideias contrários e tem sabedoria de convivência harmoniosa entre as partes”, frisou Arthur Virgilio Neto, reconhecendo o importante trabalho desenvolvido por Carijó à frente da Secretaria Extraodinária de Articulação Política.

“O Carijó quando articula é aquilo que diz na política, se dá nó em trilho, é uma pessoa tranquila e sempre frisa seus objetivos. E essas são as características que se reveste na qualidade de pessoa vitoriosa que constrói e estabelece pontes. Sou grato por contar com seu apoio.”, completou o prefeito.

Referência

Num rápido discurso, Carijó disse ser um privilegio fazer parte da administração do prefeito Arthur Virgilio Neto, que o considera uma referência para a nação. “A sua presença é uma demonstração de confiança e afeto. Obrigado por vocês terem vindo, me sinto em casa. Ao meu amigo Amauri, tenho carinho especial por ti, sempre vi em ti um bom amigo, consagrado nesta homenagem. Meu amigo Joelson é uma honra tê-lo não somente como o filho de um grande amigo seu pai Joel, mas você demonstra em sua carreira que vai honrar o legado dele”, observou Carijó.

Carijó também recordou-se de sua chegada a Manaus, em 13 de julho de 1971, e a primeira impressão que teve de um povo simples, caloroso e prestativo.  “Se eu pudesse nascer um milhão de vezes, um milhão de vezes nasceria em Manaus. Essa medalha representa minha nova identidade, hoje reconhecida por este poder. Temos que construir e fazer pontes com divergência e convergência. A sociedade só é plural e forte quando entende a divergência”, concluiu Carijó.

Sobre o homenageado

Luiz Alberto Carijó de Gosztonyi nasceu em 5 de junho 1962, no Rio de Janeiro, filho do senhor Américo Gosztonyi e de Eva Rosa Santa Cruz Cabral.

Engenheiro Agrônomo pela Universidade Federal do Amazonas, também foi finalista do curso de Direito na Faculdade Martha Falcão e, em seguida, aprovado no exame de Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/AM.

O homenageado é ainda pós-graduação em Administração Tributária pela Escola de Administração Fazendária (ESAF), pós-graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), mestre em Economia pela FGV, auditor fiscal do Tesouro Municipal na Secretaria Municipal de Finanças (Semef/Prefeitura de Manaus).

Atividades públicas

Atualmente, Carijó é secretário municipal Extraordinário de Articulação Política, mas também foi assessor técnico na Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab), subsecretário e secretário municipal na mesma pasta; subsecretário e coordenador geral de Planejamento da Secretaria Municipal de Planejamento; subsecretário de Administração Tributária na Semef; subsecretário municipal na Semef; vereador de Manaus por  três legislaturas; presidente da CMM por dois mandatos; prefeito de Manaus, por eleição indireta, no período de março a dezembro de 2004.

Outros presentes

Também estiveram presentes na cerimônia: o  subsecretário de Defesa do Consumidor, Mario Bastos; o senador Plínio Valério (PSDB); a deputada estadual, Therezinha Ruiz (PSDB); a presidente do Fundo Manaus Solidário e primeira dama do Município, Elisabeth Valeiko; o representante do Governo do Estado, Renato Nogueira; o desembargador do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM), Euclides Simões; o representante da Federação do Comércio do Estado do Amazonas (Fecomércio), Teófilo Gomes; o presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amazonas (Crea/Am), Afonso Junior , a desembargadora Graça Figueiredo, entre outros convidados.