Manaus – Na manhã desta quinta-feira, 1, o médico Carlos Cury Mansilla, que responde a mais de 15 processos na Justiça por complicações pós-cirúrgicas em pacientes, é julgado na 11ª Vara Criminal, no Fórum Ministro Henoch Reis, bairro São Francisco, zona Sul de Manaus.

Ele é acusado de fazer cirurgias plásticas e causar lesões em, pelo menos, 30 mulheres em Manaus e em Rondônia. O processo ao qual ele responde é referente a uma paciente que morreu após uma cirurgia bariátrica feita pelo médico. Na época da denúncia, a polícia informou que o médico sempre alegou inocência e dizia ter realizado as cirurgias com sucesso.

A juíza Eulinete Tribuzi conduz a sessão e segue durante a tarde desta quinta, no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis.