Manaus – Nesta terça-feira, 27, amigos e familiares fizeram uma manifestação em frente ao Fórum de Justiça Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

A manifestação foi em defesa a adolescente de 15 anos, neta do ex-desembargador Rafael Romano, 72, que é acusado de abuso sexual pela ex-nora, Luciana Pires Romano.

Segundo Luciana, os abusos começaram em 2011, quando a menina tinha 7 anos de idade, porém a criança nunca contou porque tinha medo do avô.
A mãe e a filha moram em Fortaleza, mas têm família em Manaus. Luciana é irmã da promotora da Infância e Adolescência de Manaus, Lilian Stone, casada com o juiz Ronie Frank. Segundo ela, há cinco anos mudou de cidade e tinha o sogro como um pai.