Nota do Presidente-
Pode parecer um enredo de filme de quinta categoria, mas trata-se de fatos reais. Mesmo nos dias dia hoje, quando essas práticas são amplamente combatidas pelas autoridades. Uma área ao lado da recém inaugurada QUADRA do Clube e Escola de Samba UNIDOS DO ALVORADA, está sendo ocupada por invasores, que chegaram e se apropriaram do local como se estivessem no quintal de suas próprias casas.
O desrespeito e desafio à LEI da-se à Luz do dia, na AVENIDA DO PROSAMIM, area recuperada justamente por conta da poluição causada, há menos de 5 anos. Os questionamentos começaram a ser feitos nas paginas (direct) da Escola, que emitiu em primeira mão um comunicado.
O Grêmio Recreativo Escola de Samba Unidos do Alvorada, localizado na área conhecida como Prosamim ALVORADA 01, informa aos comunitários que na ultima semana passaram a questionar um posicionamento da Escola quanto a invasão e ocupação ilegal da area ao lado da Quadra.

1 – A Escola ja tentou de forma amigável demover os invasores/ocupadores de permanecerem no local. A nossa iniciativa, não apenas não surtiu o efeito desejável, como ao nosso ver motivou os invasores/ocupadores a convidarem mais pessoas para construirem mais barracos ao lado da nossa Quadra.

2 – Já tomamos as providencias legais, no entanto, a velocidade da Justiça não é a que desejamos, portanto, precisamos aguardar as decisões na Forma da Lei.

Os terrenos invadidos e ocupados fazem parte do patrimônio da nossa Escola e já foi solicitada a total reintegração do Patrimônio da Unidos do Alvorada, Escola de Samba e Clube de Futebol Unidos do Alvorada. (videos em anexo)
Além do desrespeito para com o patrimônio da escola, a invasão e ocupação garante, com certeza, problemas de contaminação da área, um dos motivos pelo qual o PROSAMIM foi executado na região.

Independente dos motivos, essa não é a forma de se resolver a questão de moradia de quem não tem. Dessa maneira afirmamos a todos que buscaremos de todas as maneiras, dentro da Lei, manter o Patrimônio  da Comunidade Alvoradense, conquista de pelo menos 20 anos de muito trabalho.

Jacaré do Alvorada
presidente