Manaus –  Nesta quinta-feira (27), o Portal CM7.com recebeu denúncia em que vários instrutores do Centro de Educação Tecnológica – Cetam, não receberam seus pagamentos. Segundo a denúncia, os salários estão atrasados há mais de quatro meses.

Os servidores do Cetam, pedem que o governo pague os meses trabalhados. Eles contam que apenas promessas foram divulgadas:

“ Primeiramente os coordenadores informaram que seria tudo pago no dia 30 de novembro houve denúncias à imprensa e no dia 5 de dezembro o Cetam mandou uma nota para os instrutores informando que ia pagar partir do dia 05 e tudo foi uma grande mentira pois só para aliviar a pressão que estava devido a pressão da imprensa local onde alguns falaram em calote do governo do estado”, declarou um dos instrutores.

Além dos instrutores do Cetam, alguns professores do estado também estão com seus planos de saúde bloqueados, por falta de pagamento.

Aguardamos o direito de resposta conforme LEI Nº 13.188, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2015, referente a matéria divulgada, publicada ou transmitida por veículo de comunicação social.

Atualizada em 28/12/2018, às 10:17

DIREITO DE RESPOSTA 

O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam) esclarece que quase 100% dos contratos de instrutores referentes a 2018 já foram pagos até esta quinta-feira(27), e o restante já foi autorizado para pagamento pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz).

Reiteramos, também, que NÃO PROCEDE a informação que os instrutores ficarão sem pagamento por parte do Governo do Estado em 2018.

Ao longo do ano, mais de 10 mil contratos com instrutores foram realizados e pela primeira vez, em 15 anos, os instrutores tiveram valor da hora-aula reajustado em mais de 25%, sendo compromisso do Governo do Estado efetuar o pagamento de todos que prestaram serviço à educação profissional pública no Amazonas.