Manaus – Na manhã desta quarta-feira (1/4), a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), iniciou o monitoramento de passageiros que embarcam e desembarcam no Porto de Manaus. A instituição está ampliando o monitoramento que já vem sendo realizado no aeroporto Eduardo Gomes desde o dia 26 de março.

Durante a coletiva realizada pela FVS-AM, o coordenador regional da Anvisa, Jeferson Caldas, informou que o horário de funcionamento do Porto de Manaus durante o período de pandemia é de 07h às 18h, durante toda a semana.

Jeferson informou também que tem dois pontos de embarque e desembarque de passageiros e cargas. Um será destinado à passageiros que farão viagens à municípios próximos e o outro ponto será para passageiros de municípios distante, como Tabatinga e outros municípios do alto Solimões.

As embarcações comportarão apenas 40% da totalidade de passageiros que um barco suporta, obedecendo a orientação de distanciamento de um passageiro à outro conforme orientação da FVS-AM. Todas as embarcações disponibilizarão apenas um camarote de emergência que será para passageiros que apresentam sintomas da Covid-19.

As pessoas que irão viajar precisam entrar em uma lista onde passarão por um processo autorização. Durante esse processo o passageiro deve informar o motivo pela qual necessita fazer essa viagem. Jeferson Caldas informou que os passageiros que usarão o transporte fluvial serão exatamente as pessoas que fazem tratamento médico em Manaus, e aquelas pessoas prestam serviços essenciais em municípios.

A ação ocorre em determinação do Decreto estadual nº 42.117 que visa quarentena obrigatória, por um período de 14 dias, a todos os que chegam a Manaus e faz parte do pacote de medidas complementares para controle epidemiológico e contenção do novo coronavírus (SARS-CoV-2) no Amazonas.

As equipes da FVS-AM vão orientar os passageiros a instalar o aplicativo da plataforma de alertas emergenciais SASi, desenvolvido pelo Governo do Estado e disponível para smartphones com sistemas operacionais Android e IOS. Por meio do app, as equipes vão estar de prontidão para dar orientações e encaminhamentos necessários caso o usuário apresente algum sintoma associado ao novo coronavírus.