Amazonas – Nessa última quinta-feira, 1, o Ministério Público abriu três inquéritos civis contra o ex-prefeito de Parintins, Alexandre Carbrás. Os extratos dos inquéritos foram publicados no Diário Oficial do MP.

No primeiro inquérito,  Alexandre é investigado por suspeita de descumprimento do limite de repasse definido pelo município de Parintins. O segundo constitui crime de responsabilidade do prefeito em efetuar repasse que supere os limites definidos neste artigo. Outro inquérito, o MP apura de licitação, dispensa ou inexigibilidade de licitação para compra de materiais diversos para atender as necessidades do município. O terceiro inquérito, investiga a ausência de processo licitatório e dispensa para locação de imóveis para atender as necessidades da administração municipal.


Os três inquéritos dizem respeito à gestão de Alexandre da Carbrás no ano de 2014 e foram instaurados no dia 22 de fevereiro deste ano, quatro anos depois, assinados pela promotora de Justiça Eliana Leite Guedes.