Manaus – Policiais Civis do 12 Distrito Integrado de Policia e Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos deflagram operação de combate à venda clandestina de ingressos falsos, furtos de celulares e furtos de veículos com dispositivos eletronicos (Chapolim).

Na noite do dia 8 de fevereiro policiais do 12dip e DERFV sob coordenação dos Delegados Raul Neto e Cicero Tulio prenderam 27 pessoas envolvidas na venda clandestina de ingressos falsos de um evento realizado no Sambódromo, Zona Centro Sul de Manaus. Na oportunidade dois suspeitos foram presos em poder de alguns iPhones com registros de furto. Outro homem foi surpreendido em poder de um equipamento eletrônico utilizado para bloquear o travamento das portas de Veículos, comumente chamado de “chapolim”

No outro lado do show…

Duas pessoas ficaram feridas após uma explosão de uma possível bomba durante o bloco carnavalesco ‘Vai Safadão’, ocorrido no pódio da Arena da Amazônia

De acordo com informações de  alguns foliões que estavam no local, a explosão teria acontecido devido uma bateria portátil usada para carregar celulares que sobrecarregou, o que não foi confirmado pelas forças policiais. Antes do incidente, já haviam registros de muitas brigas  no evento. A polícia  e os seguranças particulares que estavam no local eram a minoria e não tinha como deter os brigões. Ninguém foi preso. Nem o suspeito de estar armado no local com mais de 5 mil pessoas.

A pancadaria também comeu solta em uma área do evento chamada de “Extra Vip”, cujo valor da entrada fica em torno de R$300.

A ação visava promover a repressão venda clandestina de ingressos, falsificação de ingressos e Furtos de Veículos com a utilização de equipamentos eletrônicos de bloqueio das portas enquanto isso lá dentro estava acontecendo pancadaria e tiros. 

A bronca foi alta ontem. Duas pessoas feridas e muita gente assustada.

Até o momento ninguém da  do 12 DIP confirmou os fatos ocorridos, e relatados, somente os foliões confirmaram e enviaram videos e fotos comprovando que aconteceu de verdade.