Manaus – O Hospital Delphina Aziz, referência para Covid-19 no Amazonas, registrou sete altas médicas nesta quinta-feira (14/05). A unidade de saúde, localizada na zona norte de Manaus, recebe casos de pacientes com sintomas graves da doença, que necessitam de assistência de alta e média complexidade.

Com as sete altas desta quinta, o Hospital Delphina Aziz já soma 122 pacientes recuperados do novo coronavírus. Um dos pacientes que deixou a unidade de saúde é Juvenal Galucio Soares, de 65 anos. Ele passou 33 dias internado, sendo 23 dias em estado grave, entubado, na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). A alta da UTI, no dia 04/05, foi registrada pela equipe do hospital e, emocionado, o paciente pediu: “aguardarei vocês para filmar minha ida para casa”.

Após dez dias em leito clínico, apresentando evolução no quadro e já fora do período de transmissão do novo coronavírus, o idoso recebeu alta. Ao se despedir da equipe e ser recebido pela família, ele agradeceu a assistência prestada pelos profissionais que atuam na linha de frente da pandemia no Hospital Delphina Aziz. “Quero agradecer a Deus, em primeiro lugar, pela benção que ele me deu, e o apoio de todos vocês, que me ajudaram, tendo paciência comigo. Vocês são uma pérola de um valor incalculável, nada nesse mundo paga a preciosidade de vocês, só o nome do senhor Jesus, e que a mão dele continue sobre vocês, ajudando, livrando e guardando de todo mal”, disse.

Os sete pacientes que tiveram alta na unidade de saúde passaram pelo “corredor da vitória”, iniciativa de humanização realizada pelos profissionais para comemorar a evolução dos pacientes quando tem alta melhorada, voltando para casa ou quando tem alta da UTI para leito clínico.

Recuperados – Boletim da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) divulgado, nesta quinta-feira (14/05), aponta que 9.497 pessoas, que tiveram diagnóstico confirmado para o novo coronavírus, já passaram pelo período de quarentena (14 dias) e se recuperaram da doença. 

Tags: , , , ,