Manaus – A Prefeitura de Manausreuniu na tarde da última terça-feira, 23/7, chefs de cozinha, representantes de restaurantes e food trucks, para apresentação e tira-dúvidas do edital de chamamento público n° 06/2019, que selecionará os participantes da feira gastronômica do Festival Passo a Paço 2019,que acontecerá nos dias 5, 6, 7 e 8 de setembro, no Centro Histórico de Manaus. A reunião ocorreu na sede da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), na avenida André Araújo, nº 2.767, Aleixo.  

O encontro, que também foi transmitido pelo Facebook e Instagram da Manauscult, foi conduzido pelo diretor-presidente da fundação,  Bernardo Monteiro de Paula. Na ocasião, tanto chefs que participaram de edições passadas como iniciantes estiveram presentes.

Um dos presentes na reunião, o chef e proprietário do restaurante Shin Suzuran, Hiroya Takani, enfatizou que participa das edições do Passo a Paço desde o início comercializando comida japonesa.

“Sempre gostei de trabalhar como cozinheiro em restaurante, mas na rua é uma experiência muito prazerosa porque ficamos mais à vontade e conhecemos muitas pessoas diferentes aqui da cidade. A minha especialidade é comida japonesa, mas eu sempre levo algo regionalizado para o Passo a Paço”, contou.

Outra veterana, Selma Reis, do Zefinha Bistrô, leva a culinária amazônica para a sua barraca. Segundo ela, tacacá, pirarucu de casaca, além do pastelzinho de pato no tucupi são os mais pedidos durante o Passo a Paço.

“Estou desde o projeto piloto e me considero quase uma ‘madrinha’. Acho a proposta importante para nossa cidade e foi algo que contou com meu incentivo. Cada edição, melhora mais”, complementou.

Pela primeira vez tentando uma vaga na feira, a comerciante Sulamita Lopes, conhecida como “Sula do Churros”, falou sobre seu trabalho, as impressões sobre o evento e o que pretende levar ao Passo a Paço, caso sua proposta seja aceita no edital.

“Vendo churros e pipoca há mais de 20 anos. Minha família também trabalha comigo, estão dependendo do evento, fixamos nossa barraca e vendemos outros comidas como esfirra, cachorro-quente e milho, além do churros e pipoca. O festival Passo a Paço é bem organizado, com total segurança e é por isso que faço questão de querer participar”, concluiu.

Sobre o edital

O edital, publicado no Diário Oficial do Município (DOM) do dia 18/7,  prevê até 40 espaços contemplados para a venda de alimentos durante o festival, divididos em quatro categorias: Barraca do Chef (até 20 vagas); Novos Chefs (até duas vagas); Food Trucks (até 15 vagas) e Futuros Talentos (até três vagas). Os espaços integram a Feira Gastronômica, um dos principais atrativos do festival.

As categorias Barraca do Chef, Novos Chefs e Futuros Talentos são caracterizadas como um espaço temporário montado com estrutura e equipamentos culinários que auxiliarão no preparo e na comercialização das comidas. Já os food trucks são espaços móveis que transportam e vendem comida, podendo ser furgões ou caminhões de pequeno porte.

Para concorrer ao edital, os interessados deverão protocolizar a proposta até segunda-feira, 29/7, na sede da Manauscult, em horário comercial, das 8h às 17h.

A proposta deverá conter portfólio, que demonstre a experiência e/ou a quantidade de serviços ofertados pelo estabelecimento ou chef, tais como certificados, diploma de graduação em gastronomia, premiações, críticas e outros comprovando as atividades realizadas na área gastronômica, além de documentos solicitados no edital e de ficha de inscrição disponibilizados no portal Viva Manaus, pelo link www.vivamanaus.com/editais.