Bomba! Fraude nas licitações no Hospital 28 de Agosto
Manaus - Amazonas - 10:59
17 de Julho de 2019

Banner +100 milhoes


Bomba! Fraude nas licitações no Hospital 28 de Agosto



Manaus – Diretora do Hospital Pronto Socorro 28 de Agosto, Claudia Teixeira é alvo de escândalo. Segundo denúncias, a diretora estaria usando o poder que tem, para contratar serviços de empresas que já perdeu licitação e ainda possui péssimas informações na qualidade dos serviços.

A Diagmax oferece serviços radiológicos em Manaus e ainda quarteiriza seus serviços com a Radio Cooperativa de Técnicos e Tecnólogos de Manaus, o mais estranho é que o endereço da cooperativa leva a um mercadinho no bairro compensa 3, Zona Oeste da cidade.

Tem alguma coisa errada com o endereço das licitações, veja:

Ainda de acordo com as denúncias a Comissão Geral de Licitação (CGL), procurou o diretor-presidente Victor Fabian Soares Cipriano, tentando impedir um procedimento licitatório para favorecer a empresa Diagmax.

 

 

O empresário conhecido com Gadelha dono da Diagmax Manaus é envolvido em vários escândalos, dois deles são:  abandonar serviços no Pronto Socorro da Criança Zona Sul,  e não pagar os servidores. Ele ainda faz parte da diretoria da Sociedade Portuguesa e ainda estaria utilizando outra empresa laranja para mascarar seus contratos irregulares com a direção do HPS 28 de agosto.

Atendendo ao pedido de direito de resposta conforme a LEI Nº 13.188, DE 11 DE NOVEMBRO DE 2015

A Diretoria do Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto repudia veementemente o “fake news” divulgado  de forma venal tentandi subverter a verdade dos fatos, uma vez que não é de competência dessa Diretoria a condução de procedimentos licitatórios, mas sim a prestação de serviços públicos de saúde, incumbência da qual não pode se afastar sob pena de colocar em risco a segurança das pessoas atendidas no Pronto Socorro.

Dessa forma, esclarece que toda e qualquer licitação é de competência da CGL – Comissão Geral de Licitação e que o serviço em espécie, qual seja, contratação especializada de empresa para serviços de imagem, diz respeito ao procedimento licitatório PE 540/18, aberto no dia 13/06, e que ainda não teve desfecho, como se pode ver do status abaixo, disponível no sistema e-compras.am para consulta pública. A direção da unidade comunica que entrará com as medidas judiciais adequadas para o caso e se coloca à disposição para eventuais dúvidas perante os órgãos de controle.

 

 

 

 

 

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA