Baixaria: Político do Amazonas que fez ritual satânico, tomou sangue humano em ritual para ganhar a eleição, não paga o macumbeiro - Portal CM7 - Notícias de Manaus e Amazonas
Manaus - Amazonas - 10:19
16 de Junho de 2019



Baixaria: Político do Amazonas que fez ritual satânico, tomou sangue humano em ritual para ganhar a eleição, não paga o macumbeiro



Manaus- Na tarde deste domingo (9), um barraco com direito a gritaria e muita baixaria. O pai de santo famoso de Manaus revelou aos berros na porta do suposto político que uma divida de campanha ha deveria ser paga. O que ele não sabia é que estava sendo gravado.

Ele gritava: “filho da puta tens que me pagar ainda hoje!!!”.

O tal político não saiu na janela com medo da exposição, mais os vizinhos não perdoaram, imediatamente espalharam nos grupos o barraco. Segundo informações dos vizinho que conversaram com o macumbeiro a dívida gira em torno de mais de 500 mil reais. Tudo isso para que o candidato ganhasse nas eleições de 2018. Pior que o político ganhou!

Políticos do Amazonas que recorrer a macumba já conhecido é o Bosco Saraiva, que sempre deixou claro sua religião. Outro que nunca deixa de consultar a umbanda é o ex-governador Amazonino Mendes. Alguns Senadores e deputados andam 24 horas com seus ‘pais de santo e mães de santo’ do lado por onde andam.

Política e Macumba.

Os maiores clientes desse pai-de-santo são os políticos do Amazonas, todas as sextas-feiras matam galinha preta e porco espinho na intensão única de alcançar o poder através da magia.

A bruxaria está presente no cotidiano das pessoas, por toda parte, ela faz parte da realidade dos políticos no Brasil, em que vivemos das mais variadas formas. “Bruxaria é modificar a realidade por meio da magia”, ganhar uma campanha eleitoral.

Com próxima de  2020, aumenta a procura dos políticos por auxílio espiritual em terreiros de Umbanda nestas épocas, virtuais candidatos pedem proteção, conselhos para ganhar a disputa  e até quem está envolvido na operação Maus Caminhos e Lavajato, buscam ajuda para escapar dos escândalos de corrupção. Um dos babalorixás mais requisitados fica no terreiro do Tarumã em Manaus.

Embora não cite nomes para evitar possíveis constrangimentos, pai de santo conta que entre seus filhos de santo ou afilhados espirituais estão prefeitos, vereadores , Senadores, deputados estaduais, secretários de Estado e políticos que atuam em Manaus e Brasília há muitos anos. “Eles vêm em busca de luz, são atendidos pelos orixás ou guias e voltam para agradecer”, disse.

O babalorixá também relata que políticos em evidência costumam requisitar  trabalhos espirituais para manter o prestigio que conquistaram, além de não perder as disputas eleitorais. Alguns se contentam com coisas menores, chegando ao ponto de buscar auxílio espiritual para aprovar projetos de lei de própria autoria ou até mesmo liberar recursos de emendas.

Sobre a discrição o pai-de-santo, acredita que um dos motivos que leva os políticos a esconderem a ligação religiosa com a Umbanda é o preconceito que ainda existe em relação às religiões de matriz africana.  Além disso, relata que muitos têm  receio de perder votos  dos evangélicos e de setores mais conservadores da sociedade.   

Ainda esta semana iremos relatar nomes e fotos de todos que frequentam esses lugares em Manaus. Está na hora da população conhecer o lado oculto dos políticos de Manaus.

 

Deixe seu like:

FAÇA SEU COMENTÁRIO SOBRE ESTA NOTÍCIA