Alunos esperam a aula terminar para fazerem sexo em escola de Iranduba; veja vídeo

Por Bruno Almeida em 24 de novembro de 2021 às 12:00 | Atualizado 24 de novembro de 2021 às 12:00

Amazonas — Nesta quarta-feira (24), um vídeo que vem sendo amplamente compartilhado em aplicativos de mensagens instantâneas e também redes sociais, anda gerando revolta em pais e professores. Isso porque dois alunos foram flagrados em um ato libidinoso dentro da sala de aula da Escola Ceti Mari Izabel, localizada no município de Iranduba, distante a 36,3 km de Manaus.

De acordo com informações, a moça e o rapaz aproveitaram que a sala ficou vazia após o término da aula para começarem a fazer o ato obsceno e impróprio. No entanto, uma pessoa acabou filmando tudo.

As imagens acabaram circulando os alunos foram identificados e expulsos da escola. “Isso é um exemplo que nossos jovens estão perdidos. Inadmissível isso acontecer dentro de uma escola”, disse dona Maria, de 54 anos, que ficou horrorizada com o caso.

Professores também manifestaram indignação, pois estão diariamente ministrando aulas em busca de tornar esses jovens, adultos responsáveis.

Vale ressaltar que de acordo com artigo 223 do Código Penal Brasileiro, praticar ato obsceno em lugar público, ou aberto, ou exposto ao público é considerado crime, tendo como pena até três meses de punição e multa. Desta vez, o casal se safou por ser menor de idade.

Veja vídeo:

Deixe seu comentário