Santa Catarina – Na tarde desta terça-feira (30), foram registradas fortes rajadas de ventos que atingiram praticamente todas as regiões de Santa Catarina, deixando estragos e prejuízos que assustaram moradores de várias cidades e deixaram outros em pânico. O vendaval começou na região Oeste ainda pela manhã e avançou pelo Estado durante a tarde, causado pela formação de um ciclone. Três mortes foram registradas em Chapecó, Tijucas e Santo Amaro da Imperatriz.  

Os moradores ainda estão desesperados e tantendo entender o que aconteceu. Em Tijucas, praticamente todos os bairros registraram estragos provocados pela chuva, que veio acompanhada de uma forte rajada de vento. Ruas estão alagadas, cidades estão sem energia, casas estão destelhadas e muitos não tem onde ficar. Até chuva de granizo foram registrados. 

Rodovias foram bloqueadas em alguns pontos devido a queda de árvores. Placas de publicidades ficaram espalhadas e outras caíram em cima de veículos. Supermercados, postos de combustíveis e muitas empresas sofreram estragos. 

O ciclone, que é composto por uma área de baixa pressão, começou a se formar no norte da Argentina e está se deslocando em direção ao leste. A área de baixa pressão está cruzando os estados de Santa Catarina e do Rio Grande do Sul e deve ganhar forma de ciclone sobre o oceano, no litoral gaúcho, durante a madrugada desta quarta-feira (30).