Um vídeo vazado nesta semana, mostra um candidato a vereador evangélico se masturbando e masturbando outro homem em um banheiro. O caso aconteceu na cidade de Ferraz de Vasconcelos, no interior de São Paulo.

A polêmica é porque o homem é apoiado pelo bispo Samuel Ferreira e por seu deputado federal, Cezinha de Madureira (PSD-SP).

O bispo e o deputado Cezinha não se manifestaram sobre o caso.