Manaus – O candidato a vereador pelo partido ‘Pode’, João Rodrigues Maciel, de 33 anos, foi preso na manhã desta quarta-feira (21), acusado de ter assassinato um suposto assaltante de Aplicativo. O crime teria acontecido há três meses, mas o cadáver ainda não foi encontrado.

De acordo com informações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), ‘João dos Aplicativos’, como foi lançado na carreira política, teria tido a ajuda de dois outros motoristas de aplicativo para cometer o homicídio. Junto a ele, também foram presos Clayton Augusto dos Santos e Cameron Braga Pereira.

Na delegacia, motoristas de aplicativo protestavam contra a prisão dos colegas de trabalho: “Saio todo dia de casa sem ter a certeza de que vou voltar, porque esses bandos vagabundos tão na rua matando a gente. Então, se eu pegar bandido, eu mato!”, disse um motorista da classe.

Após efetuarem a prisão do trio, policiais da especializada foram com os suspeitos em busca do corpo.