Brasil – O número de vítimas fatais após o rompimento da barragem Mina do Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, subiu para 65, segundo informou a assessoria do governo na noite desta segunda-feira (28). Conforme o porta-voz da Defesa Civil de MG, 135 pessoas estão desabrigadas.

Há ainda 288 pessoas ainda desaparecidas, sendo 114 funcionários da Vale, enquanto 192 foram resgatadas com vida e 390 localizadas (244 são da Vale). “Não sabemos a quantidade de corpos ainda, mas os trabalhos estão sendo feitos. Por conta desse fato, vamos estender as buscas neste domingo”, afirmou o tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais.