“A Globo se colocou, por decisões editoriais equivocados e atitudes de alguns dos seus executivos, numa situação que hoje, na verdade, temos que olhar que os papeis dos grandes grupos de comunicação foram destruídos, perdeu a credibilidade. […] Como é que um grupo privado, lucrativo, bem organizado e que vive da imagem consegue se colocar numa imagem tão negativa”, disse, em entrevista ao canal de Luiz Felipe Pondé, no YouTube.

E continuou: “Desde 2013 a Globo não foi capaz de entender que, enquanto ela buscava aplausos de grupos de esquerda, que são pagos com dinheiro público desviado para destruí-la, uma parcela crescente da população brasileira passava a ver a TV Globo como mais uma ferramenta da perpetuação da miséria e da ignorância intelectuais e políticas no Brasil, porque é assim que ela ganha dinheiro”.

Vale lembrar que após fazer comentários considerados racistas, sem saber que estava sendo filmado, o ex-âncora foi afastado de suas funções no canal. Meses depois, Waack foi demitido. Entretanto, nas últimas semanas, foi anunciada a contratação do profissional pela CNN.